«Toda a vontade do pintor deve ser o silêncio. Ele deve fazer calar todas as vozes dos preconceitos, esquecer, esquecer, fazer silêncio. Então, sobre a sua tela sensível, toda a paisagem se inserirá».
Cézanne

«Encontrar um parentesco entre imagem, som e silêncio. Dar-lhes o ar de gostarem de estar juntas, de terem escolhido o seu lugar: Milton: Silence was pleased
Robert Bresson



Consultar: Peter L. Doebler, Going Beyond Cézanne:The Development of Robert Bresson’s Film Style, in Response to the Painting of Paul Cézanne