Lucas Cranach
Lucas Cranach, Diana e Actaeon,1550

A Teresa continua com os deliciosos postais acerca do S. Bartolomeu e festejos populares.
Volta-nos a ideia se esta “Lavoura dos Cães” não é uma versão portuguesa, mais próxima de uma mistura entre a tradição pagã e o sentido bíblico da natureza como uma dádiva que deve ser trabalhada e cuidada.

Se assim for, os festejos do fim da Canícula– com o seu mata-cão campestre- também podia estar sujeito à duplicidade da morte e renovação – do cão negro e do cão purificado- Actaeon-Verão- morto pelos seus trinta cães por visão inadvertida da da virginal Artmísia- duplicada nasmeninas ursas, fadas morganas e melusines- Natureza virginal, purificada e purificadora-; auto-consumpção que prepara as sementeiras.

Pede, determina e segue
Dia a dia, não esquece de alimentar
o que brilha em ti.
Resgata sempre que puderes, um pouco da paz que está em teu coração e com ela celebra e fortifica os teus passos,
as tuas direções.
Descansa no silêncio que pousa em teu ser sempre que teus olhos encontrarem as montanhas,
o nascer do sol…
Sempre que teus ouvidos comungarem com os ventos, com a chuva caindo no mar.
Aprende com a paciência do despertar que é pouco a pouco que tudo vai sendo definido,
que é momento a momento que tudo vai sendo relembrado,
reconstruído e desfrutado.
Não alimenta a pressa que tua mente tem de chegar,
e sim a tranqüilidade que teu coração necessita
para caminhar.
Aprende e aceita, verdadeiramente,
que o que desejas ser-te-á dado, sempre.
Talvez não agora e talvez não da maneira como sonhaste,
mas da maneira como Deus sabe que necessitas, da maneira como Deus sabe que,
assim, serás mais feliz.
Dia a dia, cuida de ti.
Não te castigues fortalecendo a dor, a raiva, a crença na escuridão…
Apenas observa tais estados e sente o que podes aprender com cada um deles,
quais mudanças poderás empreender, e depois deixa-os para trás.
Pede, determina e segue…
O caminho pode parecer longo,
mas àquele que se dedica, dia a dia,
na construção do seu próprio templo,
a este é dado conhecer a alegria de viver apenas o momento, o momento presente.

http://noticiasjornaistv.blogspot.com/

http://curiosidadesdoplantaterra.blogs.sapo.pt

Esses são Nossos Blogs

Vim fazer uma visitinha e trazer uma linda mensagem
Espero sua visita Idaci deixo esta mensagem com muito Amor

Olá Frioleiras.
Pois é, o Cranach era mestre em lolitas.

“;O)

Beijinhos

e as meninas do Cranach, que se distinguem à distancia… lindas de morrer!…………..

Comments are closed.