Viajar é muito útil, faz trabalhar a imaginação. O resto, apenas decepções e fadigas. Esta nossa viagem é inteiramente imaginária. Eis a sua força.

Vai da vida à morte. Homens, animais, cidades e coisas, tudo é imaginado. Um romance, nada mais do que uma história fictícia. Di-lo Litré, que nunca se engana.

À primeira vista todos podem fazer o mesmo. Basta fechar os olhos.

É do outro lado da vida.

Céline