Boris – in

O meu conservador de estimação- irreverente, inteligente e a quem tenho a agradecer os bons dos carnavais del Pueblo e de Notting Hill. Ia sempre ao palco no fim, era vaiado, de acordo com a tradição de vaiar os.

Escola estatal rasca para tudo o que não é beto rico. E viva a luta de classes que dá alimento a milhares de apparatchiks

↓