O valor do sistema financeiro depende da fé e da confiança, diz o Bento no Jornal de Negócios.

Eric von Stroheim, GreedComentário do CN na caixinha

«Hmmm estou a ver… confiança. Boa altura para falar nela.
Não chegaria confiar que um depósito seja de facto um depósito?
Ou tenho de “confiar” que não sendo se comporte como tal?
A ciência económica como a ciência da “fé e confiança”.
Estou a ver. Deviam passar a ser uma disciplina de teologia.
Ou psicologia. Por isso de facto se fala tanto de “expectativas”, ou o consumidor está “deprimido” e por isso a economia “sofre”.
E ainda falam com gozo das crendices do passado.»