Está visto que tanto alerta amarelo em clima e ameno e brandos costumes tinha de dar bode.

E quem diz bode, diz hiena ou coisa assim, desde que não entre porco.

Então não é que a nossa valente jornalista Helena Matos, que heroicamente arrisca o camuflado pela causa da Mossad, foi ameaçada por um perigoso terrorista virtual que dá pelo nome de Euroliberal?…

Pela nossa parte pode contar com toda a solidariedade em prol da liberdade de agit prop jornaleira e vamos mais longe – a sub-comandanta Paulinha Bonaparte promete capturar, vivo ou morto, esse famigerado anti-pencudo.

Por aqui não se brinca em serviço – o musaranho coxo já segui para a Terra Santa como batedor olfactivo.