Kurt Eisner


Judeu, jornalista e socialista, a 8 de Novembro de 1918 demorou poucas horas para deitar abaixo o reino da Bavária que tinha 750 anos de História.

Auto-elegeu-se Primeiro Ministro da República de Munique e desgovernou de tal modo que, um ano depois, ele próprio decidiu apresentar a demissão.

Teve azar, não foi a tempo e um monárquico conservador matou-o no caminho.

Pois, na volta…

Mas a que era marado, era e é incrível como o reino bávaro caiu assim, com um doido que nem sabia o que fazia.

Cara Zazie, hoje em dia este gajo não era assim tão maluco, se calhar era um santo ao pé dos malucos têm desgovernado isto…

Comments are closed.