A não perder- a tragicomédia da nossa madame sans-culotte-“Foram-me outra vez ao Dreyfinhos!

Neste nº do DN

1º acto- Ai Zolito, vê lá se te mexes e acusas qualquer coisa, que a mim já me doem as costas.

Há pior: os bufos de opereta.

É tudo uma questão semântica- a famosa ética republicana também é isto.

Não será ” a costureirinha da rata”?

Comments are closed.