Pelo José, uma deliciosa charge aos grandes patapoufs da metafísica sociológica e “entesada”.