Mais memórias esquecidas, recordadas pelo José.

São posts destes que envergonham todos esses jornalistas e cronistas que nem à Hemeroteca se dão ao trabalho de ir, apesar de não trabalharem à borla.