Com este empréstimo largado hoje, Portugal vai ter de pagar, só em juros, 11 milhões de euros por dia.

Ou seja, 1/3 ou 1/4 de toda a produção diária do Estado vai directamente para pagar JUROS.

Algum economista que vá a passar, sem ser de olhos na campanha eleitoral, que se digne explicar como se resolve isto.

zazie & musaranho coxo

A onda neotonta é financeira e esses não têm pátria. Têm lobbies.

Se a Marine Le Pen vencer, os liberalóides e os sionistas da finança internacional terão um belo susto… se depois a «onda» se espalha para outros países europeus… lá se vai a UE neotonta, 😉

É, mas os agiotas não costumam perdoar.

A menos que se lhes troque as voltas e ameace de ficarem fora do negócio.

Beijoquinhas

Ora, como as juras foram predominantes noutro tempo que não este, a igualdade dos géneros obriga a criar uma quota mais do que paritária para os juros.

Beijoca, Querida Zazie

Comments are closed.