Rioforte – Escom – Álvaro Sobrinho -> DDT/44
PT, EDP+BES-> 44/DDT
ESCOM -> 44/DDT
Zé Grande->Freeport- Dolutec- Savoices -> 44/DDT
Grupo Lena – Montebranco – > 44/DDT
Vivo+Oi+Oingoing ->DDT/ 44

44&45 o dueto luso-tropical de uma década prodigiosa

Acrescento:

Para mais esclarecimentos é favor ir ao Portadaloja

Jacob van Maerlant, Der Naturen Bloeme, Flanders ca. 1350 (Den Haag, Koninklijke Bibliotheek, KA 16, fol. 108v)

Jacob van Maerlant, Der Naturen Bloeme, Flanders ca. 1350 (Den Haag, Koninklijke Bibliotheek, KA 16, fol. 108v)

Hermes – (…) E este, grave, a julgar pela postura, arrogante, de semblante carregado, metido nas suas reflexões, quem é ele, que assim deixou crescer a barba?

Menipo – Um filósofo, ó Hermes, ou antes, um impostor, pleno de charlatanice. Assim, fá-lo despir-se também! Verás muitas coisas, e bem risíveis, que ele esconde sob o manto.

Hermes – Põe à parte a postura, em primeiro lugar, e depois tudo isso mais! Ó Zeus, quanta fanfarronice ele transporta, e quanta cretinice, astúcia, glória vã, perguntas insolúveis, discursos espinhosos e conjecturas intrincadas. E ainda a grande quantidade de esforço vão, a grande tagarelice, as ninharias, a pequenez de espírito, e, por Zeus, todo esse ouro que está à vista e a vida regalada, o descaro, a preguiça, o gozo sensual e a moleza. Nada disso me passou despercebido, por melhor que o escondas. Deita fora também a mentira, a presunção e a crença que és melhor do que os outros, por que se embarcares com tudo isso, qual o navio de cinquenta remadores, capaz de te receber?”

Luciano de Samósata, Diálogo dos mortos (séc II dC).

O Bom senso, via Portadaloja

Tempos de sorelianismo bacoco

Via Portadaloja

Esta iconoclastia já tinha sido extinta pela ditadura do politicamente correcto. A mesma que agora chama Liberdade à grunhice.

Do genial Reiser e que hoje em dia nunca seria permitido.

A dita “liberdade de expressão” consiste apenas no insulto grunho de caricatura bruta e ordinária contra o islão e contra o catolicismo (nunca visando os intocáveis de kippah porque isso era logo crime de anti-semistimo)

Com os agradecimentos ao José por ter facultado uma tira tão deliciosa

No POrtadaloja a melhor síntese, com excelentes fontes e documentação, que nenhum jornalista cá do burgo é capaz de fazer, apesar de ser pago.

Absolutamente imprescindível